quinta-feira, 14 de junho de 2012

Como Secar Ervas Aromáticas




Secar as suas próprias ervas permite que  tenha controle total sobre a origem e quantidade das ervas.

Há três maneiras principais de secar ervas:

v  pendurar,

v  congelar

v  ou imergir em óleo.

Cada uma tem seus benefícios.


Colha as ervas do jardim. Use uma tesoura forte ou uma faca de cozinha para cortar as ervas. Se a erva for perene, corte os caules na base da planta. 


Outras ervas podem ser arrancadas com as raízes, sendo os  restos deixados para compostagem.

 Corte todas as ervas usadas para secagem, de modo a deixá-las com caules
longos. 



Lave as ervas com cuidado. Se tiver que lavar as ervas por conterem terra ou sujeira, o melhor é borrifar água gentilmente e depois secar (senão, você corre o risco de surgir mofo durante o armazenamento). Bata-as com um pano de prato ou chacoalhe até que seque.


Pendurar

Remova as folhas inferiores dos caules e amarre o maço de ervas próximo à ponta dos caules.
O ideal é que cada maço tenha no máximo 5-10 caules para facilitar a ventilação.

Encontre um local seco, quente, escuro e bem ventilado que fique fora do caminho das pessoas.

A temperatura ideal para secagem é 20ºC. Se não tiver um local escuro em casa, você pode colocar o maço de ervas dentro de um saco de papel (desses de pão), com furos para a ventilação.

O saco também mantém a poeira longe das ervas.

Deixe as ervas para secar por 1 a 3 semanas. Verifique de vez em quando para ver como elas estão secando - ervas com caules grossos demoram mais. Veja se estão esfarelando, esfregando uma folha entre dois dedos. Se esfarelar, estão prontas para guardar.

Remova as folhas e coloque em um jarro fechado. Remova os caules e outros materiais, à medida que retira as folhas. Você pode deixar as folhas inteiras ou triturar com os dedos para fazer uma mistura para cozinha (mas use rápido para manter o sabor).

As folhas podem ser usadas inteiras para fazer chá ou como adorno na sopa (estas não devem estar muito secas).
As sementes devem ser deixadas inteiras, só sendo trituradas quando forem ser usadas.

    Etiquete o jarro e guarde. As ervas devem durar até um ano.



Congelar

  Selecione ervas apropriadas para congelar.
Normalmente, este método funciona para ervas de folhas moles, como manjericão, estragão e salsa.

Algumas ervas só podem ser congeladas, pois elas não secam, como a cebolinha.

Lave e seque as ervas colhidas, como descrito acima.

Remova as folhas e coloque no congelador em sacos herméticos (tipo zip ou similar).
Etiquete com a data. Elas devem durar até 3 meses.

Se quiser que durem mais, escalde por alguns segundos em água quente, mergulhe em água com gelo imediatamente e coloque no congelador em sacos.

As ervas escaldadas devem durar no congelador por até 6 meses.

 Alguns cozinheiros preferem congelar as ervas em formas de gelo, para que elas fiquem em porções pequenas para cozinhar.


Se escolher fazer assim, misture um terço de ervas cortadas e dois terços de água.

Manjericão fica bom passado no azeite de oliva antes de congelar em cubos (sem água).

Remova as ervas congeladas nos cubos e ponha nos sacos para congelar. Use à medida que necessário.


Imergir em óleo:

 Colha e limpe as ervas, como descrito acima.
Escolha um óleo. O azeite de oliva é o mais usado, mas outros óleos também funcionam.

Você pode escolher manter as folhas presas ao caule ou removê-las e adicionar as folhas separadamente.

Se preferir usar o óleo como um óleo com ervas, os caules podem ficar.

Coloque em uma garrafa; as ervas que ficaram no caule dentro da garrafa de óleo servem como ornamento ou como ingrediente culinário.

Se quiser remover as folhas para usar, um recipiente baixo é melhor, pois as folhas podem ser pescadas com uma colher.

 Mantenha o óleo em um lugar refrigerado, especialmente em climas mais quentes. Use em 6 meses.

Algumas Sugestões

A melhor hora de colher as ervas é em um dia ensolarado, após o orvalho ter secado, mas antes do sol bater e evaporar os óleos essenciais voláteis.
Uma boa hora é no fim da manhã.
As ervas colhidas nestas condições mantém o sabor por mais tempo e são menos propensas a mofo.

As folhas devem ser colhidas antes das flores se abrirem (assim que os botões aparecerem); isto garante o melhor sabor, pois elas contém o máximo de óleos essenciais antes de florescer.

Se quiser colher as ervas duas vezes na estação, colha apenas pequenas quantidades na primeira vez. Isto vai deixar a planta com energia suficiente para criar mais folhas na segunda colheita, que deve ser mais proveitosa.

Se quiser colher as sementes para plantar ou cozinhar, espere até que as flores tenham morrido. Colha as sementes antes que o vento o faça.

Porões, dispensas e sótãos são locais ideais para secar ervas. Aparadores raramente usados e armários são outra possibilidade, contanto que não sejam húmidos.

Se precisar substituir as ervas secas pelas frescas em uma receita, lembre-se de que as ervas secas são mais potentes.
Via de regra, uma colher de chá de ervas secas equivale a uma colher de sopa de ervas frescas. Não exagere nas ervas secas, pois pode arruinar o prato.

As ervas podem ser secas no forno, em um micro-ondas ou com um desidratador. Estes métodos afetam os óleos essenciais, e o produto final fica inferior. Mas, se você vive em um clima muito húmido, a secagem ao ar livre pode não funcionar, e secar no forno pode ser uma opção.

Para secar em um forno convencional, a temperatura recomendada é 100ºC. Coloque as ervas cobertas por papel manteiga. Vigie com cuidado e vire se necessário (não use as mãos). Verifique a consistência das ervas a cada minuto, até parecerem quebradiças. Pode ser bom deixar a porta do forno ligeiramente aberta.

As ervas colocadas em um micro-ondas devem ser enroladas em toalhas de papel, e deve ser colocado um copo d'água para proteger o forno. Tente um minuto de cada vez com o forno ligado no alto e verifique a consistência a cada minuto.

As ervas congeladas não funcionam como ornamento - somente para cozinhar


Se você tiver que usar produtos químicos na horta, mesmo que não seja diretamente sobre as ervas, deve tomar cuidado dobrado ao limpar as ervas antes de secar, mesmo que isto signifique que tenha que lavar mais vigorosamente que o descrito acima.
A saúde da sua família é algo muito precioso; não corra riscos.

Não colha ervas em condições húmidas ou quando o orvalho ainda estiver nelas, pois vai ser difícil secar manualmente e as ervas vão ter mais chances de dar mofo.

Não deixe as ervas penduradas por muito tempo, ou o sabor vai diminuir.

Tenha sempre cuidado ao usar toalhas de papel no micro-ondas, pois elas podem pegar fogo.

http://pt.wikihow.com/Secar-Ervas



1 comentário:

Sansoni7 disse...

Olá
Obrigado por esta preciosa informação

Cumprs e boas culturas
Augusto