sexta-feira, 25 de maio de 2012

Guia de Cultivo



Guia de cultivo

Janeiro
Semear repolhos, rabanetes, alfaces, favas, ervilhas, alhos.
Fevereiro
Semeia-se, rabanetes, cenouras, espinafres, beterrabas, aboboras, pepinos
Março
Batatas, morango.
Continuar a sementeira de melão, pepino e abobora
Abril
Semear abóboras, agriões, alfaces, tomilhos, cenouras, chicória, coentros, cominhos, acelgas e couves
Maio
Semeia-se, aboboras, ervilhas, pepinos, melões, alface, tomates e todo o tipo de couves,
Junho
Semeia-se, ervilhas, feijões, alface...
Julho
Semeia-se nabos, cenouras...
Agosto
Semear agriões, alfaces, rabanetes e chicória. No fim do mês semear, nos alfobres, couves diversas, beterrabas, ervilhas e espinafres.
Setembro
Semear favas, ervilhas, agriões, alfaces, cebolas, cenouras, coentros, couves diversas, mostarda, nabos, rabanetes, salsa e segurelha.
Outubro
Semear ervilhas, favas, nabos, rabanetes, cenouras, espinafres, coentros e agriões, alho.
Novembro
Plantar couves (lombardos, repolhos, tronchuda, flor e brócolos), alfaces, morangueiros, nabos, cenouras, ervilhas, rabanetes.
Dezembro
As sementeiras são insignificantes nesta época, embora, ainda se semeiem alhos, cebolas e outras sementes de hortaliça

3 comentários:

Sansoni7 disse...

Olá
Muito bom...tudo muito sintetizado...obrigado.
Cumprs e boas culturas.
Augusto

traquinasmother disse...

Ola venho do "forum das hortas" e apesar de ainda nao ter lido tudo como queria neste post surge-me uma grande duvida. Quando se diz que en Outubro pode-se semear cenouras é: posso fazer uma sementeira? posso plantar directamente na terra?? Não sei se me explico.
estou a adorar o seu blog, porque explica muito bem e o melhor com fotos da sua propria experiencia..

Rosa Santos disse...

olá, desculpa só agora estar a responder mas andei uns dias afastada da net, muito trabalho!

Eu já semeei as cenouras, logo no inicio do mês! Coloquei as sementinhas directo na terra. não se fazem mudas. é a primeira vez que semeio. Vamos ver como crescem. Pelo que sei você tem de preparar o terreno com alguma profundidade de terra solta, para que a raíz se possa desenvolver bem.